Twitter

www.twitter.com/docesenutricao

domingo, 15 de abril de 2012

Frango de forno ao molho de tomate e azeite

Provavelmente esse não é o nome definitivo da receita, pois é muito grande, mas o primeiro que pensei.
Hoje fiz para o almoço uma "invenção" que deu certo. Em vez de simplesmente cozinhar ou grelhar o frango, resolvi fazer um molho e assar. Não ficou exatamente o que eu imaginei, mas o importante é que ficou saboroso. Esperava algo mais tostado mas acabou ficando mais parecido com frango cozido.

Muitas pessoas têm dúvidas de como fazer um frango que não fique ressecado nem gorduroso. Querem algo diferente do usual para variar o cardápio, mas que seja saudável e gostoso ao mesmo tempo. Não é uma tarefa impossível. Basta sempre ter em casa alguns ingredientes como:

- Alho: para quem quiser economizar tempo, compre alho já picado, mas sem tempero

- Cebola: resiste bastante tempo, ainda mais se colocada na geladeira. A que eu usei para esta receita estava comigo há pelo menos três semanas, quase senti pena de esquartejar a pobrezinha!
É bom comprar fresca e inteira mesmo, o que chamamos de in natura, pois as vezes num mesmo prato ela pode ser cortada de formas diferentes, como você vai perceber na receita

- Ervas: orégano, manjericão, salsa, manjerona, tomilho, etc. Ah, você não tem uma horta em casa? Não vale a pena comprar um ramo inteiro para aproveitar poucas folhinhas? Compre as secas. Existe uma grande variedade, em quantidades bem pequenas e que duram bastante. Obviamente não dá o mesmo gosto, mas faz diferença sim no sabor do seu prato

- Azeite: molhos a base de azeite são muito saborosos

- Molho de tomate: você pode pensar: mas uma nutricionista recomendando molho pronto? Eu respondo: o tomate estraga muito rápido, mas se quiser ir no mercado e fazer aquele molho com tomate de verdade será perfeito. Mas como eu sei que tudo hoje é muito corrido, vale o molho pronto mesmo. Como eu já mencionei em outro post, a alimentação ideal não é apenas comer tudo ao natural, mas saber variar, equilibrar e quantificar, para poder degustar todos os alimentos que gostamos da forma certa!

Vamos ao assunto do post: a receita. Vou escrever aproximadamente, pois não medi as quantidades:

Frango de forno ao molho de tomate e azeite

1 bandeja de peito de frango sem pele e sem osso (usei o meio peito, mas pode ser o inteiro, ou filezinho, sendo que o inteiro recomendo cortar senão demora para ficar pronto)
1 cebola
2 colheres de sobremesa de alho picado
1 caixa ou saquinho de molho de tomate pronto (não precisa ser o de 500g)
2 colheres de sobremesa de salsa desidratada (ou salsa fresca picada)
Menos de 1/2 xícara de chá de azeite
Menos de 1/2 xícara de chá de água
Sal: aproximadamente uma colher de chá (usei sal com aipo, que dá mais sabor)

Preparo:
Picar uma parte da cebola e a maior parte cortar em tiras. Reservar as tiras e colocar a picada num recipiente, juntando com o azeite, a salsa, o alho, a água e o sal. Misturar bem. Se achar que ficou pouco molho acrescente mais um pouco de água e azeite. Reservar.
Num tabuleiro ou assadeira do tamanho que dê para colocar os filés lado a lado, espalhar o molho de tomate.
Passar os filés no molho com azeite.

Colocar lado a lado no tabuleiro em cima do molho de tomate. Com o resto do molho com azeite, espalhar em cima de cada filé. Por último, espalhar as tiras de cebola por cima de tudo.



Colocar no forno pré-aquecido a uns 180graus por aproximadamente 45 minutos, até o frango estar bem cozido. Dificilmente vai dourar a parte de cima, por causa do molho. Vai parecer um frango cozido, mas bem temperado e sem ficar ressecado.

O segredo para variar na cozinha é inventar, inovar, experimentar. As tentativas levam ao acerto. Nem sempre sai do jeito que imaginamos ou queremos, mas o que importa é a vontade e a iniciativa. Não que essa receita especificamente seja inovadora e maravilhosa, mas é apenas um exemplo ou até só uma base para pequenas mudanças que podem fazer a diferença.

Como não comi todos os frangos, resolvi aproveitar para fazer um escondidinho com o que sobrou, para variar. Ficou uma delícia!

Até o próximo post!
Postar um comentário